Início ARTIGOS ESTUDO DOS EFEITOS DA LUZ ULTRA VIOLETA PARA REDUÇÃO MICROBIOLÓGICA EM AMIDO...

ESTUDO DOS EFEITOS DA LUZ ULTRA VIOLETA PARA REDUÇÃO MICROBIOLÓGICA EM AMIDO DE MANDIOCA

A partir dos resultados obtidos, pode-se concluir que o processo de exposição de amido à luz ultravioleta mostra-se eficiente na redução ou eliminação de microrganismos e garantem elevadas taxas de redução da maioria dos microrganismos presentes neste meio, dessa forma, é possível eliminar ou reduzir a utilização de produtos químicos neste processo.

Aplicando-se uma dose de irradiação UV de 43,2 mW.s.cm-2, no tratamento T40 obteve-se eficiência na redução dos microrganismos de 99,82% para bacilus, 100% para bolores e leveduras, 99,99% para coliformes termoselantes e 99,98% para mesófilos.

Observou-se diferença significativa ao nível de 5% de probabilidade na viscosidade de pico, viscosidade de quebra, viscosidade final e retrogradação, para o tempo de pico, os tratamentos TR80 e TR120 não apresentaram significância, já para a temperatura de pasta, o único tratamento que apresentou significância foi o TR120.

Apesar dos relevantes resultados obtidos na pesquisa realizada e visto a grande demanda por esse produto de extrema importância nas diversas cadeias produtivas, mais trabalhos devem ser desenvolvidos visando-se aperfeiçoar processos de modificação de amido. Como sugestão tem-se: Análise econômica do sistema, utilização de outras fontes de luz, controle da dose através de dimerização da lâmpada UV e a implementação de um sistema de desinfecção por luz UV em escala industrial.

Matéria completa (seguro-baixar diretamente do banco de dados da SUPERLED):

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments